• (11) 4521-9494 / 97647-5816 (TIM) / 96650-4335 (CLARO)

Biossegurança em Odontologia

Dra. Denise Fernandes Barbosa
Dra. Denise Fernandes Barbosa

Para todo profissional da área de saúde que prima por Boas Praticas, este é um evento imperdível, onde formadores de opinião estarão reunidos para discutir sobre o que há de mais atual no controle de infecção no exercício da profissão.

Confiram no link abaixo.

https://m.facebook.com/photo.php?fbid=528452920537222&id=100001175564925&set=oa.625413134135400&source=48&refid=54

E aqui vão algumas dicas relacionadas `as exigências sanitárias no que se refere ao bom funcionamento dos estabelecimentos de assistência  odontológica.

http://www.cristofoli.com/biosseguranca/?p=2952

Eliminar, diminuir ou prevenir riscos relacionados direta ou indiretamente à saúde são ações da Vigilância Sanitária que utiliza legislações, portarias e regulamentações como instrumentos que estabelecem parâmetros para o funcionamento e controle de riscos associados à assistência prestada pelos serviços de saúde.

Desde 2006 a ANVISA disponibiliza manuais, orientando os profissionais de Odontologia em:

Em 2007 e 2008 no 3o e 4o CIODONTO a Vigilância Sanitária de Jundiaí apresentou três trabalhos abordando o monitoramento do aparelho de esterilização e Boas Praticas nos serviços de assistência odontológica. O terceiro trabalho abordou a elaboração do manual de rotinas e procedimentos na Odontologia, que foi novamente apresentado em 2009 no 27o  CIOSP.

O tema da apresentação neste Meeting de Biossegurança Exigencias Sanitarias e Manual de rotinas e procedimentos – setembro/2013  também será abordado no  SIMBRAVISA – novembro/2013.  

Não perca esta oportunidade, atualize-se!

2007-CIODONTO-VISA
2007-CIODONTO-VISA
2008-CIODONTO-VISA
2008-CIODONTO-VISA

Proposta de Elaboração de Manual de Rotinas e Procedimentos

 

O ato de roncar pode ser beneficiado pela prática de cantar

Denise Fernandes Barbosa
Denise Fernandes Barbosa

Roncar não é apenas um incômodo comum, mas tem sido identificado como um fator de risco

para problemas de saúde. E uma doença crônica e evolutiva que pode evoluir para a síndrome da

apneia obstrutiva do sono.

Cantar proporciona relaxamento e alívio da ansiedade, melhora a respiração, postura,

autoestima, timidez e libido.

Pesquisas recentes demonstram que exercícios frequentes de canto podem ser usados como uma

modalidade alternativa de tratamento não invasivo de ronco e apneia obstrutiva do sono.

Os exercícios de canto feitos com certa frequência, aumentam o tônus muscular dos tecidos da

garganta e da faringe reduzindo assim a tendência de entrar em colapso durante o sono. Cantar

podem reduzir a gravidade, frequência e intensidade do ronco, podendo melhorar os sintomas

desta doença. (M. P. Hilton, 2013; Irumee Pai, 2008; Edzard Erns, 2000)

Faca parte de um coro e desfrute da prática de cantar, da transformação e da conquista de

qualidade de vida e bem estar a cada dia, pois quem canta seus males espanta!

Coral Azul e Branco foto de Cleber Almeida
Coral Azul e Branco do Clube Jundiaiense sob a regência da Maestrina Claudia Queiroz, completou 1 ano de existência em 04 de setembro de 2013. (Créditos da imagem: Cleber Almeida)