• (11) 4521-9494 / 97647-5816 (TIM) / 96650-4335 (CLARO)

Sinais, sintomas, fatores de risco e consequências da SAOS

Denise Fernandes Barbosa
Denise Fernandes Barbosa

Mesmo se o ronco parecer inofensivo para o roncador, muitas vezes é muito chato para os outros que podem ser acordados por causa do som alto e intenso. É, sem dúvida, a mais frequente queixa de parceiros(as) que testemunham esse distúrbio do sono. Além do ronco, a síndrome da apneia obstrutiva do sono (SAOS) pode estar presente.

 

Sinais e sintomas noturnos da SAOS:

Ronco intenso, paradas respiratórias, terror noturno, dor no peito, palpitações, sono interrompido, suor noturno, boca seca, dor de garganta e refluxo.

 

Sinais e sintomas diurnos da SAOS:

Sonolência excessiva, cefaleia matinal, disfunção erétil, concentração reduzida, falha da memória, depressão e mau humor.

 

Fatores de risco para a SAOS:

Sexo masculino, idade, obesidade, ronco, anormalidades anatômicas, etnia, fatores genéticos, tabagismo, menopausa, medicamentos e álcool.

 

Consequências da SAOS:

Sequelas médicas tais como mortalidade por doenças cardiovasculares, neurocomportamentais e acidentes de trânsito devido à sonolência diurna.

 

Se você tem estes sinais e sintomas acima relacionados, você pode estar sofrendo da SAOS. Procure tratamento médico, pois as consequências desta síndrome podem ser desastrosas para sua saúde, seus familiares e comunidade. E a Odontologia do Sono pode ser indicada para o tratamento com o aparelho intraoral. Acesse http://www.sbsono.com.br/abros/index.php/odontologos/ e verifique um Cirurgião Dentista capacitado e titulado em Odontologia do Sono pela Associação Brasileira de Sono para tratamento.