• (11) 4521-9494 / Fale com a Clínica DFB pelo Whatsapp 96650-4335 (CLARO)

Bem antes de ser Cirurgiã Dentista, já sabia que esta seria minha profissão. Desde o início de minha profissão, fui direcionada para as questões preventivas sobre os problemas de saúde e cada vez mais fui me convencendo de que este seria o caminho a ser trilhado em minha carreira profissional.

Meu principal paciente sempre foi a criança. Com a prevenção em saúde bucal, segui caminhos que me levaram a conhecer a Ortopedia Funcional dos Maxilares (OFM), especialidade reconhecida pelo Conselho Federal de Odontologia desde 2003. O título de especialista me foi concedido por comprovar, através de memorial descritivo, que exercia a especialidade há mais de dez anos.

A OFM atua no crescimento e desenvolvimento das bases ósseas maxilares, no nível mais nobre de prevenção, ou seja, educando e orientando os pais e as crianças sobre as funções que a boca exerce. Desde o aleitamento materno, alertando para as questões respiratórias, até a mastigação de alimentos mais duros, secos e fibrosos. Desde esta época trabalhava a respiração sem imaginar o quanto estaria preparando estas crianças para a vida em um sentido mais amplo.

Digo isto, pois em 2008 iniciei meus estudos em Odontologia na Medicina do Sono e acabei me deparando com pessoas adultas portadoras dos Distúrbios Respiratórios Relacionados ao Sono como ronco e apneia que não tiveram a abordagem preventiva quando crianças e hoje sofrem de Apneia Obstrutiva do Sono, na grande maioria, fruto de problemas respiratórios desde a primeira infância.

Hoje, com quase trinta anos exercendo a OFM como especialista e com dez anos atuando na Odontologia na Medicina do Sono, fico mais convicta de que os problemas respiratórios podem ser evitadas desde a primeira infância, pois o nariz é a pedra fundamental na arquitetura do terço médio e inferior da face, mantendo o equilíbrio da postura da cabeça e pescoço, permitindo melhor aporte de ar para as vias respiratórias.

Tenho levado este pensamento, embasados na literatura científica para congressos e cursos, e atualmente com o mestrado em Anatomia pela FOP-UNICAMP venho colhendo os frutos do que planto há mais de 30 anos, mostrando da importância da respiração nasal e das implicações do hábito vicioso da respiração bucal para a anatomia da face, para as funções que a boca exerce, para a harmonia do sorriso e estética facial, e suas consequências com a evolução dos problemas de Sono.

Se sua criança tem hábito de respirar pela boca procure por orientação.

Diagnóstico Funcional Bucal
Dra. Denise Fernandes Barbosa - Responsável pela ClinicaDFB Formada em Odontologia pela PUCCAMP em 1986. Especialista em Ortopedia Funcional dos Maxilares pelo CFO. Mestre em Fisiologia pela UNIMES. Certificada em Odontologia do Sono pela ABSONO. Distúrbios do Sono pela NEURO-SONO / UNIFESP.