• (11) 4521-9494 / 97647-5816 (TIM) / 96650-4335 (CLARO)

Prevenção dos Distúrbios do Sono e Saúde do Trabalhador

Denise Fernandes Barbosa
Denise Fernandes Barbosa

Grande parte da população apresenta problemas na qualidade de sono. Os principais Distúrbios do Sono (DS) são insônia e apneia obstrutiva.

A Saúde do Trabalhador vem sendo contemplada em vários aspectos. Desde o século XX, mudanças no mundo do trabalho, modo de vida e processo de saúde-doença foram implantadas de acordo com as políticas organizacionais e gestões do trabalho com base no perfil epidemiológico do trabalhador.

Reforçar e priorizar as atividades preventivas com ações de promoção e proteção da saúde é imprescindível, tendo como foco a prevenção de agravos no processo saúde-doença e as ações assistenciais, incluindo a reabilitação em nível individual e coletivo, considerando os aspectos biológicos, sociopolíticos e culturais envolvidos.

Jornadas de trabalho a cumprir, problemas de saúde gerados pelas condições de trabalho, problemas socioeconômicos fazem parte da vida de que trabalha. Somados a estes problemas, os transtornos do sono no trabalhador acarretam baixa produtividade, ausência no trabalho, aumento de acidentes e da probabilidade de incapacidade devido a doenças médicas.

Fazendo uma análise da problemática dos pacientes que buscam tratamento dos vários Distúrbios do Sono, como: distúrbios respiratórios ( ronco e apneia), insônia, distúrbios do movimento (bruxismo e síndrome das pernas inquietas), dentre outros, observa-se que boa parte dos problemas poderiam ser minimizados através da assistência empresarial à saúde do trabalhador, com programas de orientação e prevenção dos Distúrbios do Sono, através da Higiene do Sono e Terapia Cognitiva Comportamental.

A Medicina do Sono deveria fazer parte integrante da formação dos profissionais de assistência à saúde do trabalhador portador dos Distúrbios do Sono evitando desta forma agravos da saúde e melhorando qualidade de vida do trabalhador e a produtividade das empresas.